Quem serão os ganhadores do Oscar 2020? O #PingosNoOscar faz sua aposta

Com 11 indicações, ‘Coringa’ pode sair consagrado, seguido por ‘O irlandês’ e ‘Era uma vez em… Hollywood’, com 10.

E o grande dia está chegando. No próximo domingo, 9 de fevereiro, acontece a cerimônia de entrega do Oscar 2020.  Em sua 92ª edição, a noite de premiações mais importante do cinema mundial promete muitas surpresas e quem pode sair com a estatueta.

‘1917’, ‘O irlandês’, ‘História de um casamento’, ‘Parasita’, ‘Era uma vez em Hollywood’, ‘Ford vs Ferrari’, ‘Adoráveis mulheres’, ‘Coringa’ e ‘Jojo Rabbit’ são os indicados a melhor filme no Oscar 2020. Foto: Divulgação

Na corrida, com 11 indicações, ‘Coringa’ pode sair consagrado, seguido por ‘O irlandês’ e ‘Era uma vez em… Hollywood’, com 10. E você, nosso leitor diário já fez suas apostas de qual serão os vencedores? O #PingosNoOscar já aprontou a listinha e acredita que na categoria filme, o grande vencedor seja “Parasita”, desbancando até mesmo “1917”, que é o mais cotado para receber tal prêmio. Só nos resta aguardar.

A cerimônia de entrega do maior prêmio do cinema acontece a partir das 22h, no horário de Brasília. Ela será transmitida pelo canal a cabo TNT e na TV aberta pela Rede Globo após o BBB – a cobertura também será transmitida pelo G1 e pelo Globoplay iniciando os trabalhos a partir das 20h30 no Red Carpet.

A lista completa com as nossas apostas segue abaixo. Siga nosso twitter e acompanhe os comentários ao vivo. Interaja com a gente usando a #PingosNoOscar

Nossos palpites estarão destacados em negrito.

MELHOR FILME

  • Ford vs Ferrari
  • O Irlandês
  • Jojo Rabbit
  • Coringa
  • Adoráveis Mulheres
  • História de um Casamento
  • 1917
  • Era Uma Vez Em… Hollywood
  • Parasita

Por mais que todos os concorrentes estejam em altíssimo nível, o grande vencedor, em nosso palpite, será “Parasita”. Porém pode ter a famosa “zebra”, que poderia muito bem ficar com “1917”. Ele pode sim quebrar a hegemonia de um filme de língua estrangeira faturar o Oscar.

MELHOR DIREÇÃO

  • Martin Scorsese – O Irlandês
  • Todd Phillips – Coringa
  • Sam Mendes – 1917
  • Quentin Tarantino – Era Uma Vez Em… Hollywood
  • Bong Joon Hoo – Parasita

Outra categoria muito disputada, que qualquer um poderia levar. A menos que Sam Mendes (1917) não tivesse ousado em fazer planos sequenciais, o que tornou a experiência ainda mais agradável de assistir ao filme de guerra. Podendo ter a zebra, Bong Joon Hoo (Parasita) também inovou, e pode sair fácil com a estatueta.

MELHOR ATRIZ

  • Cynthia Erivo – Harriet
  • Scarlett Johansson – História de um Casamento
  • Saoirse Ronan – Adoráveis Mulheres
  • Renée Zellweger – Judy – Muito Além do Arco-Íris
  • Charlize Theron – O Escândalo

Nessa categoria só tem diva. Porém, não tem a menor possibilidade de Renée Zellweger perder essa, afinal ela ganhou todos os prêmios que foi disputou com seu papel de Judy. 

MELHOR ATOR

  • Antonio Banderas – Dor e Glória
  • Leonardo DiCaprio – Era Uma Vez Em… Hollywood
  • Adam Driver – História de um Casamento
  • Joaquin Phoenix – Coringa
  • Jonathan Pryce – Dois Papas

Aqui é outra categoria que a aposta é na cabeça: Joaquin Phoenix por Coringa. Foi vencedor de todos os prêmios a qual foi indicado. Muito merecido!

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

  • Kathy Bates – O Caso Richard Jewell
  • Laura Dern – História de um Casamento
  • Scarlett Johansson – Jojo Rabbit
  • Florence Pugh – Adoráveis Mulheres
  • Margot Robbie – O Escândalo

Laura Dern foi o principal destaque em “História de um Casamento”, algo que certamente irá levar mais um, pois foi vencedora de todos os que foi indicada. Na zebra, quem sabe Scarlett Johansson por “Jojo Rabbit” – acho muito difícil.

MELHOR ATOR COADJUVANTE

  • Tom Hanks – Um Lindo Dia na Vizinhança
  • Anthony Hopkins – Dois Papas
  • Al Pacino – O Irlandês
  • Joe Pesci – O Irlandês
  • Brad Pitt – Era Uma Vez Em… Hollywood

De acordo com a famosa regra do Oscar, dois indicados do mesmo filme dividem votos, ocasionando a perda de ambos, logo quem tem levado os prêmios desta categoria é Pitt, que praticamente certeza vai sair com a estatueta.

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

  • Entre Facas e Segredos
  • História de um Casamento
  • 1917
  • Era Uma Vez Em… Hollywood
  • Parasita

“Parasita” segue firme e forte para levar essa categoria. Claro que Tarantino pode atrapalhar, pois já levou duas vezes nesta categoria, sendo por Pulp Fiction e Django Livre.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

  • O Irlandês
  • Jojo Rabbit
  • Coringa
  • Adoráveis Mulheres
  • Dois Papas

“Jojo Rabbit” é a minha escolha. Ele buscou uma maneira bastante ionteressante para falar sobre um tema tão denso quanto o nazismo, principalmente na visão de uma criança. Já “Adoráveis Mulheres” tem uma adaptação linda. Talvez a melhor das versões.

MELHOR FILME INTERNACIONAL

  • Corpus Christi (Polônia)
  • Honeyland (Macedônia do Norte)
  • Os Miseráveis (França)
  • Dor e Glória (Espanha)
  • Parasita (Coreia do Sul)

Precisa justificar por quê? O filme Coreano é sensacional. Se você ainda não assistiu, recomendo que vá, mas de preferência sem ler qualquer crítica ou assistir o trailer. “Parasita” vai te conquistar como tem conquistado a todos.

MELHOR ANIMAÇÃO

  • Como Treinar o Seu Dragão 3
  • I Lost My Body
  • Klaus
  • Link Perdido
  • Toy Story 4

A pesar de todos eles terem seu lado fofo, meus preferidos são “Toy Story 4”, seguido de “Klaus” do Netflix e “Como treinar o Seu Dragão 3”. Porém deles, o com mais força sem dúvidas é Toy Story, que só perdeu o Globo de Outro – foi desbancado por “Link Perdido”.

MELHOR FOTOGRAFIA

  • O Irlandês
  • Coringa
  • O Farol
  • 1917
  • Era Uma Vez Em… Hollywood

O filme de Sam Mendes surpreende pelos detalhes. O prêmio tem que ser dele. Nada que “O Irlandês” não possa roubar a cena.

MELHOR MONTAGEM

  • Ford vs Ferrari
  • O Irlandês
  • Jojo Rabbit
  • Coringa
  • Parasita

Minha aposta é Parasita, pois realmente achei genial. “Ford vs Ferrari” e “Jojo Rabiit” não ficam tão abaixo.

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

  • O Irlandês
  • Jojo Rabbit
  • 1917
  • Parasita
  • Era Uma Vez Em… Hollywood

Por mais que a casa de “Parasita” seja um personagem essencial na história, essa categoria costuma ir para produções de época. “1917” recria um mundo destruído pela guerra e impressiona, mas “Era uma Vez em… Hollywood” é elogiado por explorar o charme de Hollywood de 1969.

MELHOR FIGURINO

  • O Irlandês
  • Jojo Rabbit
  • Coringa
  • Adoráveis Mulheres
  • Era Uma Vez Em… Hollywood

Muito me espanta nesta categoria não estar “Downton Abbey” pois tem figurinos maravilhosos, assim como “Adoráveis Mulheres” que é minha aposta. Não espantaria se “Era Uma Vez em… Hollywood” ou “Jojo Rabbit” levar.

MELHOR MAQUIAGEM

  • O Escândalo
  • Coringa
  • Judy – Muito Além do Arco-Íris
  • Malévola – Dona do Mal
  • 1917

No quesito maquiagem “O Escândalo” realmente surpreende. É chocante o quanto as atrizes ficaram praticamente idênticas as personagens reais.

MELHORES EFEITOS VISUAIS

  • Vingadores: Ultimato
  • O Irlandês
  • O Rei Leão
  • 1917
  • Star Wars: A Ascensão Skywalker

“1917” impressiona por recriar o campo de batalha é um grande merecedor.

MELHOR EDIÇÃO DE SOM

  • Ford vs Ferrari
  • Coringa
  • 1917
  • Era Uma Vez Em… Hollywood
  • Star Wars: A Ascensão Skywalker

A pesar do ronco dos motores do “Ford vs Ferrari” serem realmente incríveis, “1917” brilhou mais. Merece o prêmio.

MELHOR MIXAGEM DE SOM

  • Ad Astra
  • Ford vs Ferrari
  • Coringa
  • 1917
  • Era Uma Vez Em… Hollywood

Já o trabalho de mixagem é saber como os sons vão interagir entre si e combinar como o espectador vai assimilá-los. Historicamente, filmes musicais tem vantagem, porém o mais perto que chegaria disso dentre os concorrentes seria Era uma Vez em… Hollywood, que não é muito lembrado pelo seu som. Ou seja, 1917 e Ford vs Ferrari disputam de novo! Como é comum repetirem o mesmo vencedor nas duas categorias…

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

  • “I Can’t Let You Throw Yourself Away” – Toy Story 4
  • “I’m Gonna Love Me Again” – Rocketman
  • “I’m Standing With You” – Breakthrough
  • “Into the Unknown” – Frozen 2
  • “Stand Up” – Harriet

Dá esse Oscar para o Sr Elton John.

MELHOR TRILHA SONORA

  • Coringa
  • Adoráveis Mulheres
  • História de Um Casamento
  • 1917
  • Star Wars: A Ascensão Skywalker

As trilhas sonoras dão aquela refinada na obra, a pesar de grandes concorrentes no páreo, Coringa tem sido vitorioso nos que foi indicado. Acredito que não seja diferente aqui.

MELHOR DOCUMENTÁRIO

  • Indústria Americana
  • Democracia em Vertigem
  • The Cave
  • Honeyland
  • For Sama

A pesar da imensa torcida pelo Brasil trazer essa Oscar, “Democracia em Vertigem” não é um bom filme. Ele tem uma boa edição, que se comparar com “Industria Americana”, ele é esquecido. Outro forte candidato nessa categoria é o “Honeyland”.

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA METRAGEM

  • In the Absence
  • Learning to Skateborad in a War Zone (If You’re a Girl)
  • A Vida em Mim
  • St. Louis Superman
  • Walk Run Cha-Cha

“Learning to Skateboard in a Warzone (if you’re a girl)” ensina meninas a andarem de skate e derrubarem o patriarcado no meio da guerra do Afeganistão, então parece entrar bem no perfil. Mas não podemos desprezar “A Vida em Mim”, sobre crianças que entram em estado de coma diante da ansiedade da deportação. 

MELHOR CURTA METRAGEM

  • Brotherhood
  • Nefta Footbal Club
  • A Sister
  • The Neighbor’s Window
  • Saria

O favorito parece ser Brotherhood, ambientado na Tunísia, sobre um pai que descobre como o filho foi recrutado pela ISIS

MELHOR ANIMAÇÃO EM CURTA METRAGEM

  • Dcera (Daughter)
  • Hair Love
  • Kitbull
  • Memorable
  • Sister

O favorito da vez é Hair Love, escrito pelo cineasta e ex-jogador da NFL, Matthew A. Cherry, sobre um pai precisa cuidar do cabelo afro de sua filha pela primeira vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *